15 de junho de 2014

TOP 5: Livros Que Abandonei


Abandono muitos livros mesmo antes de chegar nas cinquenta primeiras páginas. Para que eu continue, o livro tem que me prender até o terceiro ou quarto capítulo, caso contrário, largo ele para trás. Alguns eu retomo, outros nunca mais olho, mas já abandonei muitos livros, tadicos.

Tentei fazer um TOP 5 com os livros que as pessoas sempre me perguntam se eu li e tenho que dizer "mais ou menos".

"Saga Crepúsculo" (Twilight) - Stephenie Meyer
Realmente gostei do primeiro livro da saga. Era bem escrito, parecia ser interessante e, como todo mundo, fiquei louca para que saísse o segundo livro. Quando li  "Lua Nova", era só "Eu eu eu eu eu", "Culpa minha", "mimimi, eu eu eu eu" e lamentações sem sentido e sem fim, achei que a autora não era a mesma do primeiro livro, a escrita caiu muito, mas mesmo assim, ainda insisti em 20 páginas do terceiro livro (Eclipse). A história não me pareceu que iria melhorar, então larguei por ali mesmo.




"Cinquenta Tons de Cinza" (Fifty Shades of Grey) - E.L. James
Todos liam, inclusive os homens. Era o tema do momento, deveria ter alguma coisa boa nesse livro. Lá fui eu tentar ver o que era, mas é um livro sem sentido, sem história, vazio. Larguei Cinquenta Tons quando Anastásia pede para que o Grey bata nela e ele diz não umas zilhões de vezes e a tapada continua pedindo, ai ela apanha e faz o que? ISSO MESMO! Vai embora indignada porque ele bateu com força.ORA POIS, você não pediu?
Completamente ridículo e sem sentido.



"Divergente" (Divergent) - Veronica Roth
Não li muitas páginas de "Divergente", talvez porque já estava cheia da literatura fantástica, mas não é um livro que tenha algo que vá me prender.
É uma garota com um "Poder" (vamos chamar assim) especial, que pode mais do que as outras pessoas normais e vai se esconder de outras pessoas más que querem acabar com ela. O típico conto normal, num mundo futurista que não me parece muito interessante.
"Divergente" não rolou pra mim.



"Cretino Irresistível" (Beautiful Bastard) - Christina Lauren
Era mais um Cinquenta tons, eu sabia que não iria gostar e tinha certeza de que não iria ler, mas uma amiga estava lendo e disse que era ótimo, totalmente diferente de Cinquenta tons. Não se iludam, minha gente, não tem nada de diferente em Beautiful Bastarde que já não tenha em Cinquenta tons ou nos outros 20 mil livros de literatura erótica lançados no ultimo ano. Um cara podre de rico dono de empresa, jovem, sexy e comedor de um lado, do outro uma secretária estabanada, boba e que vai transar com esse cara mesmo odiando-o. Hello?!
Abandonei depois de umas 60 páginas. Tentei ser forte!


"A Garota Que Você Deixou Para Trás" (The Girl You Left Behind) - Jojo Moyes
É um livro que tem tudo pra ser PER-FE-I-TO, mas não é. A autora faz um lindo trabalho até a metade do livro e, de repente, as coisas mudam, a narração fica chata, o livro começa a se arrastar e a história não desenrola. Me pareceu que outra pessoa escreveu do meio para o final do livro.
Demorei pra gostar de "A Garota que Você Deixou Para Trás" porque o livro só fica legal depois de uns bons capítulo, mas ele fica tão bom que você não consegue parar de ler, então, tudo muda e é como começar outro livro, só que chato.
Talvez eu volte a ler daqui um tempo, mas agora estou brava demais pra continuar.


8 de junho de 2014

MEME: Internet Old School


Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots. Um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Ah, a internet de antigamente...

Eu sei que deveria falar somente da época da internet e que cada pessoa tem um jeito de contar como chegou na era de ouro da conexão discada, mas eu não consigo lembrar dessa época sem lembrar o que passei até chegar à era da internet, portanto, conheçam a minha época "Computador Old School".

MS-DOS
O primeiro computador da minha família só tinha MS-DOS (meados de 1993). Provavelmente, você, garotinho(a) do IPad não faz ideia do que é um DOS, mas eu me diverti muito com os disquetões bolachas e os jogos que rodavam a base de códigos do MS-DOS. Joguei muito Robocop daquela época (não achei nenhuma imagem T_T) e o Digger, clássico dos clássicos de 1983.


Machintosh 
Nosso segundo PC era um MAC Performa Powerpc 6300 (1997/1998) lindo que rodava uns jogos mais legais. Nosso tio recebeu o MAC como forma de pagamento e deu para o meu pai, que levou pra casa todo feliz.
Quem lembra dos jogos "Power Pete" e "Lode Runner" do MAC, lembra de tudo! Então, veio o lindo "Prince Of Persia" em dois CD's: Um para MAC e um para Windows. Pra mim, aqueles gráficos eram os mais perfeitos que existiam, mas não eram!! Adorava mudar o papel de parede, os sons de notificações e os protetores de tela.
Até aqui, internet era um sonho muito distante.



Windows 3.1 e Windows 95
Vejo o povo falando do Windows 98 como se fosse a coisa mais antiga do mundo, mas SIM, eu usei o Windows 3.1 e usava o Bloco de Notas pra escrever minhas historinhas. Foi o meu Primeiro PC só meu, mas não durou muito, já que meu irmão desmontou o meu pra deixar o dele mais forte e colocar o Windows 95. AEWWW!! 
O computador tinha 300MB de Disco Rígido e 150MB ia só no Windows. Meu pai vivia controlando quem usava os megas do PC e comprava aquelas revistas com jogos que não precisavam instalar, aqueles que rodavam direto do CD. 
Nessa época, joguei muito Marshmallow DuelRock n'Rool Racing, Tomb Raider, Constructor, Sim City 2000, Another World, Dangerous Dave, Sokoban, Sky Free e DOOM. A maioria deles eram todos DEMO.

Internet
A partir do Windows 95, a internet discada surgiu na nossa vida. Lembro de esperar ansiosamente por sábado e domingo para poder usar! É claro que precisava instalar o CD do UOL online e precisava pedir pelo telefone, ai vinha um motoboy entregar o CD com a revista pra você instalar e ser feliz. Usei muito o Chat da UOL e sempre entrava na sala de evangélicos com o nick de DEMO ou CAPETA. Eu sei, vou pro inferno, eu sei...
Aqui era a época do DOOM II, que não era tão bom quanto o primeiro e Duken Nuken 3D.


Ah, o som da internet discada... Se você não se lembra, é só dar play ai embaixo e se deliciar com esse momento.


Internet "Banda Larga"
Quando eu tinhas uns 14 para 15 anos, surgiu a internet mais ou menos como conhecemos hoje, mas precisava de provador, lembram? Você assinava o Speedy e ainda pagava o provedor do Terra. Acho que a net era de 500kbps e pra mim era a coisa mais linda do mundo. Foi aqui que fiz meu primeiro blog e se chamava "borore". Era pelo Weblogger que era o único gratuito naquela época, mas uns anos depois, ele acabou saindo do ar, levando todos os meus posts com ele e virou o Blogger
Se meu blog voltou? Claro que não, perdi tudo o que eu tinha escrito com tanto carinho. Sofro até hoje com essa lembrança.

MSN 
Lá pelas idas de 2003, meu melhor amigo me enchia o saco pra instalar o MSN para conversarmos além do telefone, mas eu era contra, achava bobo e inútil, até instalar. Depois que instalei a primeira vez, nunca mais vivi sem. Não cheguei a usar o tal do ICQ, mas o MSN fez parte da minha vida por um bom tempo, na verdade, tenho até hoje e muito se engana quem acha que o programa saiu do ar.

Meu Primeiro Desk
Até 2006 nosso computador era coletivo. Ficava na sala e dividíamos por tempo, até que eu tive uma crise de "NÃO ACREDITO QUE DEU PAU DE NOVO E EU PERDI TUDO O QUE EU TINHA!!".  Eu tinha muitos textos e histórias no PC e quando perdi tudo pela 3ª vez naquele semestre, quase enlouqueci. Nesse ano, meu irmão montou um PC só pra mim e eu passei a ter um Desktop no meu quarto, acho que rodava o Windows XP, horrível! Mas, foi época linda e, também, muito trágica.

Lembro com muito carinho da época sem internet e os jogos daquele tempo. Esse MEME me trouxe ótimas lembranças e adorei fazer esse post. Apesar dos jogos violentos como Doom e Duken Nuken, eu não sou uma pessoa pouco violenta, ok?


PS: Esse post pode conter erros na contagem de anos em dois pontos percentuais para mais ou para menos.

5 de junho de 2014

Gatos: O Brinquedo Que Enlouqueceu Meus Gatinhos


Meus gatos são muito difíceis de agradar. Quando compro um brinquedo, um gosta, o outro odeia, ou nenhum deles liga para o brinquedinho. Houve uma época que eu desisti de comprar coisas para eles brincarem, porque acabava gastando dinheiro a toa, mas depois de Boris (O Gato Brincalhão) as coisas mudaram um pouco.


Achei esse ratinho fofo na Cobasi. Custava R$10,20 Cruzeiros Novos Reais, o que não é caro para um brinquedo de gato. Não entendo o que gato tem de especial para um boneco de feltro custar R$21,50, mas OK.
Miu-Miu e Fafá adoraram.
É um ratinho de plástico, coberto por feltro cinza e ele faz um barulho como uma abelhinha de brinquedo "Bip Bip Bip". Mesmo antes de tirar da embalagem, eles estavam LOUCOS e não diz nada sobre CatNip nele, mas mesmo assim, acho que deve ter algum tipo de mandinga que acaba possuindo os gatinhos, eles até brigaram pra pegar o brinquedo.

Bobó também gostou

É tão difícil achar um brinquedo que eles gostem que, quando acho, fico tão feliz! Eva pegou o ratinho e escondeu debaixo do sofá, junto com os brinquedos preferidos dela e agora ninguém mais pode pegar, é só dela! <3


2 de junho de 2014

TOP 5: Filmes Para Ver Em Junho!


Muitos filmes vão estrear em Junho, dentre eles "A Culpa é das Estrelas", "A Face do Mal" e "O Homem Duplicado", mas fiz essa lista pensando nos filmes que eu me interessaria em ver no cinema.

1 - Como treinar o seu dragão 2 (How to Train Your Dragon 2) - (1h45min) 
Estréia: 19 de junho de 2014 
Gênero: Animação , Aventura , Fantasia
Sinopse: Cinco anos após convencer os habitantes de seu vilarejo que os dragões não devem ser combatidos, Soluço (voz de Jay Baruchel) convive com seu dragão Fúria da Noite, e estes animais integraram pacificamente a rotina dos moradores da ilha de Berk. Entre viagens pelos céus e corridas de dragões, Soluço descobre uma caverna secreta, onde centenas de novos dragões vivem. O local é protegido por Valka (voz de Cate Blanchett), mãe de Soluço, que foi afastada do filho quando ele ainda era um bebê. Juntos, eles precisarão proteger o mundo que conhecem do perigoso Drago Bludvist (Djimon Hounson), que deseja controlar todos os dragões existentes.

Todos estavam esperando por "Como Treinar o Seu Dragão 2", não vejo a hora de assistir!

2 - “Transcendence – A Revolução” (Transcendence) - (2h0min) 
Estréia: 19 de junho de 2014 
Gênero: Ficção científica , Suspense
Sinopse: O dr. Will Caster (Johnny Depp) é o mais famoso pesquisador sobre inteligência artificial da atualidade. No momento ele está trabalhando na construção de uma máquina consciente que conjuga informações sobre todo tipo de conteúdo com a grande variedade de emoções humanas. O fato de se envolver sempre em projetos controversos fez com que Caster ganhasse notoriedade, mas ao mesmo tempo o tornou o inimigo número 1 dos extermistas que são contra o avanço da tecnologia - e por isso mesmo tentam detê-lo a todo custo. Só que um dia, após uma tentativa de assassinato, Caster convence sua esposa Evelyn (Rebecca Hall) e seu melhor amigo Max Waters (Paul Bettany) a testar seu novo invento nele mesmo. Só que a grande questão não é se eles podem fazer isto, mas se eles devem dar este passo.
O que mais me interessou foi o trailer, mas não sei o que esperar desse filme.
3 - Versos de um Crime (Kill Your Darlings) - (1h43min) 
Estréia: 12/06/2014 Gênero: Drama, Biografia
Sinopse: 1944. Allen Ginsberg (Daniel Radcliffe) sai da casa dos pais rumo à universidade, precisando lidar com o sentimento de culpa por ter deixado sua mãe (Jennifer Jason Leigh). Seu sonho é tornar-se um escritor, mas logo sente-se incomodado pelo modelo "certinho" de poesia que o curso ensina. Não demora muito para que ele conheça Lucien Carr (Dane DeHaan), um jovem provocador que apresenta Allen ao mundo da contracultura. Logo nasce uma grande amizade entre os dois, que se torna algo mais quando Allen passa a sentir atração por Lucien. Adoro filmes de época e eu sei que vou ficar vendo o Harry Potter fumando, Harry Potter bebendo, Harry Potter escrevendo, mas tem um romance Homossexual, então <3
4 - 3 dias para matar (3 Days to Kill) - (1h56min) 
Estréia: 26 de junho de 2014 
Gênero: Ação , Suspense
Sinopse: Um antigo agente secreto está à beira da morte. Seu último desejo é reatar com sua filha, com quem perdeu contato há muito tempo. Temendo não ter tempo hábil para encontrá-la, este homem descobre a existência de uma potente droga que pode salvá-lo, contanto que ele aceite um último trabalho.
Filme de ação da lista com muito tiros, mortes e explosões!!
5 - O Menino no Espelho 
Estréia: 19 de junho de 2014
Gênero: Drama
Baseado no livro "O Menino no Espelho", de Fernando Sabino, lançado em 1982.
Sinopse: Belo Horizonte, anos 1930. Fernando (Lino Facioli) é um garoto de 10 anos que está cansado de fazer as coisas chatas da vida. Seu sonho era criar um sósia, que ficasse com estas tarefas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Até que, um dia, é exatamente isto que acontece, quando o reflexo de Fernando deixa o espelho e ganha vida.
Adoro filmes brasileiros e de época, ademais Mateus Solano, neh gente?
Fonte: Adoro Cinema

1 de junho de 2014

"Destrua Este Diário" - Keri Smith

Autor(a): Kery Smith | Gênero: Artes | Ano: 2013 | Páginas: Quantas Você Quiser| Editora: Intrínseca.

Comprar "Destrua Este Diário" (R$19,90 na FNAC - Shopping Morumbi) foi uma tarefa difícil pra mim. Sou uma virginiana perfeccionista compulsiva, cheia de TOC's e, normalmente, quando compro um livro, ele fica como novo, mesmo depois de tê-lo lido. Ainda tenho alguns livros em suas capas de plástico originais, embrulhadinhos como saíram da livraria.

Não sei se vou conseguir seguir as instruções e destruir esse livro. Ele é tão bem feito, a capa é linda e parece mesmo de papel kraft, o durex parece de verdade e ele é tão limpo e bonitinho e não sei se vou conseguir rasgar uma folha e jogar fora, aceitando a perda. Como boa virginiana, guardo coisas por muito tempo, tenho problemas com desapego e rasgar uma folha de um livro que eu gosto e jogar fora será uma tarefa difícil, talvez uma das mais difíceis do livro todo.


Mas, como a própria autora diz, o livro é "Dedicado a perfeccionistas de todo o mundo", quem sabe eu não consiga transgredir e aceitar a perda da página, quem sabe?

Eu já disse que não desenho nada? Não consigo fazer os dois lados de um coração do mesmo tamanho, então meu "Diário" não vai ficar tão bonito quanto alguns que eu já vi por ai. É muita criatividade nesse povo!
Imagens do Google
Já juntei alguns adesivos de frutas para essa página! *--*


Conforme eu for "destruindo" esse livro, venho aqui atualizar a página para vocês acompanharem.


 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo