15 de junho de 2014

TOP 5: Livros Que Abandonei


Abandono muitos livros mesmo antes de chegar nas cinquenta primeiras páginas. Para que eu continue, o livro tem que me prender até o terceiro ou quarto capítulo, caso contrário, largo ele para trás. Alguns eu retomo, outros nunca mais olho, mas já abandonei muitos livros, tadicos.

Tentei fazer um TOP 5 com os livros que as pessoas sempre me perguntam se eu li e tenho que dizer "mais ou menos".

"Saga Crepúsculo" (Twilight) - Stephenie Meyer
Realmente gostei do primeiro livro da saga. Era bem escrito, parecia ser interessante e, como todo mundo, fiquei louca para que saísse o segundo livro. Quando li  "Lua Nova", era só "Eu eu eu eu eu", "Culpa minha", "mimimi, eu eu eu eu" e lamentações sem sentido e sem fim, achei que a autora não era a mesma do primeiro livro, a escrita caiu muito, mas mesmo assim, ainda insisti em 20 páginas do terceiro livro (Eclipse). A história não me pareceu que iria melhorar, então larguei por ali mesmo.




"Cinquenta Tons de Cinza" (Fifty Shades of Grey) - E.L. James
Todos liam, inclusive os homens. Era o tema do momento, deveria ter alguma coisa boa nesse livro. Lá fui eu tentar ver o que era, mas é um livro sem sentido, sem história, vazio. Larguei Cinquenta Tons quando Anastásia pede para que o Grey bata nela e ele diz não umas zilhões de vezes e a tapada continua pedindo, ai ela apanha e faz o que? ISSO MESMO! Vai embora indignada porque ele bateu com força.ORA POIS, você não pediu?
Completamente ridículo e sem sentido.



"Divergente" (Divergent) - Veronica Roth
Não li muitas páginas de "Divergente", talvez porque já estava cheia da literatura fantástica, mas não é um livro que tenha algo que vá me prender.
É uma garota com um "Poder" (vamos chamar assim) especial, que pode mais do que as outras pessoas normais e vai se esconder de outras pessoas más que querem acabar com ela. O típico conto normal, num mundo futurista que não me parece muito interessante.
"Divergente" não rolou pra mim.



"Cretino Irresistível" (Beautiful Bastard) - Christina Lauren
Era mais um Cinquenta tons, eu sabia que não iria gostar e tinha certeza de que não iria ler, mas uma amiga estava lendo e disse que era ótimo, totalmente diferente de Cinquenta tons. Não se iludam, minha gente, não tem nada de diferente em Beautiful Bastarde que já não tenha em Cinquenta tons ou nos outros 20 mil livros de literatura erótica lançados no ultimo ano. Um cara podre de rico dono de empresa, jovem, sexy e comedor de um lado, do outro uma secretária estabanada, boba e que vai transar com esse cara mesmo odiando-o. Hello?!
Abandonei depois de umas 60 páginas. Tentei ser forte!


"A Garota Que Você Deixou Para Trás" (The Girl You Left Behind) - Jojo Moyes
É um livro que tem tudo pra ser PER-FE-I-TO, mas não é. A autora faz um lindo trabalho até a metade do livro e, de repente, as coisas mudam, a narração fica chata, o livro começa a se arrastar e a história não desenrola. Me pareceu que outra pessoa escreveu do meio para o final do livro.
Demorei pra gostar de "A Garota que Você Deixou Para Trás" porque o livro só fica legal depois de uns bons capítulo, mas ele fica tão bom que você não consegue parar de ler, então, tudo muda e é como começar outro livro, só que chato.
Talvez eu volte a ler daqui um tempo, mas agora estou brava demais pra continuar.


Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo