25 de outubro de 2014

Terra Morta: Infecção - Tiago Toy

Autor(a): Tiago Toy  | Gênero: Terror/Aventura/Suspense | Ano: 2014 | Páginas: ***| Editora: Draco

Sinopse: "A história conta a saga de Tiago e Daniela que fugiram de Jaboticabal, uma cidade assolada por um apocalipse zumbi e, unidos a outros personagens, lutam por suas vidas a cada esquina de São Paulo. Amigo, inimigo ou zumbi, todos continuam correndo sem olhar para trás."*

Recebi, direto do Facebook do autor Tiago Toy, as primeiras cinquenta páginas do livro "Terra Morta: Infecção". Fiquei sabendo que poderia ler e resenhar uma parte do livro através da página da Editora Draco no Twitter, os interessados deveriam mandar uma mensagem diretamente para o autor e, assim, receber um gostinho do livro para resenhar.

"Terra Morta: Infecção" é o segundo livro da trilogia de Tiago Toy que conta a história de um apocalipse zumbi em São Paulo. Tudo começou em "Terra morta: Fuga" (que eu ainda não li) que conta a história do introvertido Tiago que sempre sonhou em viver aventurar na Capital de São Paulo, mas não imaginava que seria compelido a isso por um ataque zumbi.
"Os latidos de Thor chamaram sua atenção. Eram como um aviso. Corra"
No arquivo que recebi, existe um resumo do que aconteceu no primeiro livro, isso me ajudou bastante ao me colocar um pouco nos trilhos da história sem me deixar completamente perdida. Já o primeiro capítulo, narra a história de Regina Rios, grávida tentando dar a luz que é surpreendida por humanos famintos por carne. Depois, conhecemos Yulia, uma ruiva russa que ajuda a salvar o bebê de Regina, mas isso é só o começo.

Tiago Toy não trás novidades a cada capítulo como a maioria dos autores, ele consegue trazer novidades a cada parágrafo. Quando tudo parece bem e o carro está andando tranquilamente num paragrafo, no outro, o carro desliza em poças de sangue e restos mortais para capotar loucamente e liquidificar todos os seus passageiros.

Ao mesmo tempo em que novidades são ótimas, ter uma ação diferente em cada parágrafo é um pouco cansativo. Você ainda está tentando entender o que estava acontecendo no parágrafo anterior e o próximo já vem jogando mais e mais informações sobre pedaços de carne, sangue, fuga e clichês da vovó.
"O lugar parecia um ferro-velho(...) Veículos se amontoavam enquanto os poucos motoristas ainda vivos escalavam as ferragens, ignorando gritos de socorro. Em uma passarela sobre a rua pessoas se penduravam por fora da grade a fim de escapar. Várias caíram, enquanto outras simplesmente se jogaram."
Minha parte preferida é, sem dúvida, o começo do livro. A apresentação dos personagens, ler um pouco da vida de cada um pouco antes dos ataques zumbis é a minha parte preferida. A personagem que mais me chamou atenção foi Yulia. Ela é quieta e, aparentemente, esperta, mas toda essa quietude deve esconder alguma coisa, algum segredo MUITO legal.

Enfim, "Terra Morta: Infecção" parece bem promissor. Gosto de livros que me deixam curiosa quanto ao que vai acontecer, quem morre e quem vive e, "Terra Morta: Infecção" parece estar cheio desses segredos para serem revelados, cheio de pessoas para morrer, tantas outras para conhecer e flashbacks cheios de descobertas para te deixar mais intrigado.

É bem difícil falar sobre um livro que não li por inteiro e que é o segundo de uma trilogia, mas sei que se você gosta de zumbis, apocalipses e MUITA ação, "Terra Morta: Infecção" é indicadíssimo para você, não irá se arrepender.


*A Sinopse foi criada por mim, já que não encontrei nenhuma na internet =/
Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo