5 de novembro de 2014

Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

Autor(a): Gayle Forman | Gênero: Romance | Ano: 2014 | Páginas: 240| Editora: Novo Conceito


Sinopse: "Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só não quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos - nam em milhas, não em continentes, não em anos -, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado."

Ainda não estou psicologicamante bem para falar sobre esse livro. Existem alguns livros que eu demoro para digerir ou me recuperar e "Para Onde Ela Foi" mexeu comigo tanto ou mais do que "Se eu ficar" (Que eu resenhei AQUI).

Quando soube que havia uma continuação de "Se eu ficar" sai correndo atrás, mas até então, não tinha publicação em português e eu estava, lentamente, lendo em inglês pra saber o que Adam tinha a contar sobre Mia e o relacionamento deles. Mas, semana passada dei um pulo no shopping e vi "Para Onde Ela Foi". Fiquei louca e comprei o livro por R$19,90 (Dilmas). Gosto mais de E-book porque posso ler em qualquer lugar, mas não resisti em ter "Para Onde Ela Foi" nas mãos.
Existe essa palavra? Eu me pergunto.

Você está falando consigo mesmo, então quem liga?
O livro narra a história de Adam e Mia três anos após Mia ter decidido ficar, mas desta vez, as memórias, os acontecimentos e os sofrimentos são narrados por Adam, um roqueiro de sucesso mundial com uma dor que não o abandona. A dor de ter perdido Mia acompanha Adam como uma ferida aberta e ele parece sofrer muito mais do que eu pensava ser possível.

Devorei "Para Onde Ela Foi" em 3 horas e levei dois dias para me recuperar dele. Fiquei tão angustiada com a história que Adam tinha para contar que era impossível largar sem saber porque Mia havia deixado Adam daquele jeito, por que eles não tinham aquele final feliz que fica implícito no final primeiro livro, por que, por que?
Meu corpo todo está tremendo. Estou surtando. Um dia pode ter apenas vinte e quatro horas, mas às vezes passar por um parece tão impossível quanto escalar o Everest.
"Para Onde Ela Foi" narra, na visão de Adam, uma noite entre ele e Mia. Um reencontro de uma noite que pode mudar a vida dos dois, de novo e entre a narrativa do presente e algumas memórias que Adam tinha com Mia, com os amigos e os membros da banda antes deles serem o sucesso que são atualmente, Adam vai tentando entender o que aconteceu entre eles para acabarem desse jeito, ele não consegue entender ou aceitar os motivos pelos quais Mia o deixou, por que ela deixaria alguém que amava tanto, alguém que a apoiou e foi seu porto seguro depois de tudo?

E é por culpa dessa dor, desse rancor que Adam sente por Mia que passamos pelas memórias dele, descobrimos coisas lindas que passaram juntos e temos tantas doses de amor e dor que é impossível não se emocionar em várias partes do livro (e chorar, porque sou mole demais).
E de repente eu entendo. Entendo por que ela me chamou no teatro, por que veio atrás de mim depois que eu saí do camarim. Esta é a verdadeira turnê de despedida: Mia quer completar o desligamente que começou há três anos.
"Para Onde Ela Foi" é um ótimo livro, Gayle Forman já tinha escrito algo maravilhoso com "Se Eu Ficar", mas conseguiu se superar com "Para Onde Ela Foi" e, ao contrário da maioria das resenhas que vi, eu não tive nenhuma raiva de Mia, pelo contrário, entendo porque ela deixou Adam daquele jeito, eu teria feito o mesmo se fosse ela, minha família é tudo para mim e, afinal, os motivos que a levaram a deixar Adam fazem tanto sentido que é impossível discordar da atitude que ela tomou.

"Para Onde Ela Foi" é triste, emocionante e lindo. Gayle Forman consegue descrever a dor da perda de tantas maneiras diferentes e tão parecidas ao mesmo tempo, que é impossível não ficar dividido entre amar mais Adam, Mia ou amar mais os dois. Ainda não acredito que acabou, mas estou torcendo para que façam o filme de "Para Onde Ela Foi" também!
E vejo o que ela quer, e é a mesma coisa que eu quero há anos agora, mas não consigo acreditar que, depois de todo esse tempo, e agora que estamos sem tempo, ela está pedindo.
Leia um trecho do livro disponibilizado pela Editora Novo Conceito clicando AQUI.



Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo