7 de novembro de 2014

Top 5: Séries Finalizadas Que Você Precisa Ver


Odeio "Friends", "Gilmore Girls", "Sex And The City", "The Big Bang Theory" e a maioria das séries que todo mundo ama. Me julguem, estão liberados. Mas, existem séries que eu gosto muito e até defendo levemente, e hoje separei cinco séries que eu adoro e estão finalizadas, prontinhas esperando por você.


1 - The Tudors
Sinopse: "A esplêndida Inglaterra do Século XVIII era reinado de Henrique VIII (Johnathan Rhys Meyers). A série começa quando ele ainda está tentando alcançar o trono, à medida que se distancia de sua esposa e apaixona-se por Ana Bolena (Natalie Dormer). Auxiliado pelo Cardeal Wolsey (Sam Neill), ele chegou ao poder e manteve-se forte apesar das intrigas e armações. Na sua vida privada, ele tenta criar uma maneira de se divorciar de Catarina de Aragão (Marye Doyle Kennedy) para se casar com Ana Bolena, em meio a muitas disputas políticas e esquemas."

"The tudors" foi a primeira série que assisti fora da televisão, sem aquela coisa de ver toda a noite, esperar AQUELE dia da semana pra ver minha série preferida e, através dela, virei uma viciada em séries. E, mais uma vez, foi uma série que assisti por culpa exclusiva de Henry (delicia) Cavill, mas conforme a série foi andando, fui me apaixonando pela história e por Jonathan Rhys Meyers também. Se você gosta de história e séries de época, "The Tudors" é completa pra você.


2 - Prison Break
Sinopse: "Após a prisão de Lincoln Burrows (Dominic Purcell), condenado por um crime que não cometeu, o engenheiro Michael Scofield (Wentworth Miller) bola um plano para tirar o irmão da cadeia. Enviado para Fox River ao lado de Lincoln, Michael começa a executar a sua estratégia, mas logo percebe que está no meio de uma perigosa conspiração. Para garantir a liberdade da sua família, ele precisará enganar a Dra. Sara Tancredi (Sarah Wayne Callies) e se associar à criminosos condenados, como Fernando Sucre (Amaury Nolasco), Theodore 'T-Bag' Bagwell (Robert Knepper) e John Abruzzi (Peter Stormare)."

Assim que terminei "The Tudors" fiquei completamente órfã de séries. Nada me agradava, nada era bom o suficiente como "The Tudors". E agora? O que eu iria fazer nas minhas noites de insônia? Então, uma amiga me indicou uma série que estava vendo, "Prison Break". No começo, achei que me decepcionaria de novo, mas Prison Break foi mais uma série que me marcou. É muito boa e, apesar de alguns erros de continuidade, vale a pena.


3 - Early Edition
Sinopse: "E se o jornal de amanhã aparecesse na porta da sua casa hoje? Gary Hobson (Kyle Chandler) recebe a visita de um estranho gato, que aparece na sua porta com uma cópia do jornal do dia seguinte. Agora, com o fardo de ter que evitar as tragédias do dia seguinte, Gary recebe a ajuda da amiga Marissa (Shanesia Davis Williams), uma mulher cega que reconhece a verdadeira importância nda tarefa, e encoraja Gary a usar o que sabe para mudar as vidas das pessoas."

Acompanhava "Early Edition" pela televisão (Rede Record). Não cheguei a ver todos os episódios, mas era fascinada pelas "Edições de amanhã". Era uma ideia tão fantástica. Kyle Chandler foi uma das minhas primeiras paixões de séries e, venhamos e convenhamos, tinha um gatinho que entregava o jornal, gente!



4 -The New Adventures of Old Christine
Sinopse: "Christine (Julia Louis-Dreyfus) é divorciada de Richard (Clark Gregg), mas continua o vendo como um melhor amigo. Mesmo quando ele começa a se envolver com outra mulher, também chamada Christine. Ela vive em um apartamento com o filho Ritchie (Trevor Gagnon); o irmão Matthew (Hamish Linklater) aluga um quarto separado, e os dois alimentam as inseguranças um do outro que foram plantadas pela mãe. A "velha" Christine gerencia uma Academia de Ginástica com a melhor amiga, Barb. As inseguranças de Christine são aumentadas quando ela precisa lidar com os pais das outras crianças na escola do filho."

Não sei o que dizer sobre essa série. Ela não tem pé nem cabeça e isso é ótimo! Matthew é um irmão muito louco e um dos meus personagens preferidos da série, Barb é sem comentários e  Christine é completamente desequilibrada como pessoa e mãe. O humor na série não é forçado, as piadas não parecem terem sido decoradas como em algumas séries "engraçadas" por ai e é a personalidade de cada personagem que torna tudo ainda mais hilário. Assita!


5 - Todo Mundo Odeia o Chris
Sinopse: "A série conta a história da família Rock entre os anos de 1982 até 1987, com o foco no menino Chris (Tyler James Williams). Em 1982, Chris completa 13 anos e muda-se com a sua família para Bedford-Stuyvesant, no Brooklyn. Lá, Chris vive situações corriqueiras da vida de um adolescente, tanto nas histórias que realmente acontecem quanto nos pensamentos que são expostos de uma forma humorística. Chris vive com os pais Julius (Terry Crews) e Rochelle (Tichina Arnold), e com os dois irmãos Drew (Tequan Richmond) e Tonya (Imani Hakim). Ele estuda no Corleone Junior High School, colégio onde Chris é o único aluno negro, situação que o vitimiza durante todo seu tempo lá. Mas ele faz um amigo, Greg (Vicent Martella), que vai estar sempre junto de Chris, passando por suas situações tragicamente cômicas."

Quem não ama todo mundo odeia o Chris? QUEM? Um dos meus episódios preferidos é aquele que o homem está dando um depoimento e o policial só entende "Ele era negro, mancava negro, falava negro, tinha uma mancha negra aqui, corria negro, negro muito negro... "


Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo