28 de abril de 2015

Parceria: Butterfly Editora



Hoje venho com uma notícia muito boa! O blog fechou mais uma parceria e, desta vez, é com a Butterfly Editora! Estou muito feliz pela confiança depositada em meu blog e por ver que todo o trabalho que tenho está valendo a pena.

Conheça um pouco mais da editora:


Butterfly Editora
Com dez anos de sucesso, a Butterfly Editora é um selo da Petit Editora.

A proposta editorial da Butterfly é abrir um espaço para que a imaginação literária possa alçar voo alto sem medo de ser diferente. A borboleta – ágil e multicolorida –, um símbolo de transformação representada em nossa logomarca, projeta-se no espaço, agitando-se em liberdade, independente, voando na direção de seus sonhos, vislumbrando um amplo horizonte de harmonia e beleza.

Nesta metáfora, que certamente reflete o desejo de todos nós, espelhamos nosso objetivo: movimentar sentimentos, agilizar ideias, provocar raciocínios e reflexões... Para que esse objetivo converta-se na realidade que você vê nas lojas, obras selecionadas – do Brasil e de outros países – são transformadas em livros que procuram seduzir o leitor, pela riqueza do seu conteúdo e pela beleza de suas capas.

No Brasil, fomos a primeira editora a falar de bullying e de crianças índigo. Romances e trilogia de sucesso encantam nossos leitores... Nosso grande potencial é identificar temas que não apenas agradem ao público, mas que também agreguem valor e inspiração ao seu dia a dia.

Ao identificar o selo Butterfly, tenha a certeza de que verá o desafio de juntar o entretenimento, a sabedoria, a informação e a filosofia de um novo ideal para nosso público.

Aceite nosso desafio. Leia o diferente.
Site | Facebook | Twitter
Lançamentos:




















26 de abril de 2015

TAG: Eu Blogueiro

                                           

Olá!!
Fui indicada para essa Tag pela Gleyse do Territorio nº6. Adoro TAGS!

Essa tag foi copiada do blog Pequeno Literário e possui quatro regrinhas básicas:

  1. Publicar o banner oficial da tag na postagem;
  2. Deixar o link do blog que te indicou;
  3. Responder as 20 perguntas da tag;
  4. Indicar a tag para 5 blogs.

Então, vamos lá!

1 - Quando e por que decidiu ser blogueiro (a)?
R: Bom, isso tem um BOM tempo. Decidi ser blogueira em 2002/2003 quando os Blogs estavam explodindo como diários virtuais e eu também queria um.


2 - De onde veio a inspiração para o nome do seu blog?
R: Na verdade, meu blog seria somente para divulgar meu livro,m as como todos os nomes legais já tinham sido escolhidos e a finalidade era só divulgar meu trabalho e meu livro, LuMartinho era o melhor que eu poderia fazer!


3 - Quanto tempo de vida tem seu blog?
R: Tem um ano e 13 dias


4 - Qual o conteúdo principal do seu blog?
R: Literatura, resenhas, novidades sobre livros, mas também tem Rotaroots e Tags <3


5 - Quais são os horários que você cria as postagens?
R: Pela manhã ou muito a noite! 


6 - Tem algum lugar especial onde cria as postagens?
R: Na verdade não, mas quase sempre é jogada no sofá!


7 - O que você acha que deve melhorar como blogueiro (a)?
R: Vish, tanta coisa. A gente nunca pode parar de melhorar!


8- Prefere responder aos seus leitores no próprio blog ou responde ao visitar as outras blogueiras e blogueiros?
R: Eu respondo CADA comentário que recebo, adoro responder, mas sempre visito os blogs de volta!


9 - Na sua opinião, o que é mais legal em ser blogueiro (a)?
R: Essa é uma pergunta difícil. Não, sei... Gosto quando as pessoas entendem meu ponto de vista ou elogiam o Layout... Acho que a parte mais legal é a interação!


10 - Você retribui a todas as visitas que recebe no blog?
R: Todas, todos que deixam o link do Blog eu visito de volta e comento *-*


11 - O que não gosta no mundo dos blogs?
R: Cópias. Incrível como tem gente que copia absolutamente tudo dos outros. 


12 - Cite três blogueiras (ou blogueiros) que admira e gostaria de conhecer pessoalmente?
R: Não fico por ai admirando ninguém, mas gostaria muito de conhecer todo mundo do grupo de Comentários entre Amigos.

13 - O que seus pais, seus familiares e seus amigos acham de você ser blogueiro? Eles leem seu blog?
R: Por incrível que pareça, minha mãe e meus irmãos me incentivam muito nesse mundo literário, mas não leem minhas postagens T_T


14 - Qual a maior inspiração para responder as postagens?
R: Não entendi muito a pergunta (OI?), mas eu só paro um pouco, leio as coisas com atenção e ai tento ser o mais coerente possível.


15 - Quando esta escrevendo um post, costuma comer ou beber alguma coisa? O que?
R: Não, mas queria! hahah


16 - Qual assunto você não publicaria jamais?
R: Jamais é muito tempo, mas Look do Dia, acho que não vai ter Look do Dia por aqui haha!


17 - Faz posts pelo celular?
R: Faço, mas eles nunca ficam tão bons quanto os editados no PC.


18 - Tem canal no youtube? Se a resposta for sim, deixe o link.
R: Tenho, mas é pessoal!


19 - Quantos blogs você tem?
R: Dois! Mas, somente esse está ativo.


20 - Que conselho daria a todas as blogueiras e blogueiros?
R: Não gosto de dar conselhos, porque se eles fossem realmente bons, a gente vendia, mas como tem que responder, acho que diria para se divertirem. Não adianta fazer nada que não te deixe feliz em fazer ou não dará certo!


Bom, essas foram as minhas respostas. Não vou indicar nenhum blog #QuebrandoRegras, mas sintam-se a vontade para responder se gostaram da TAG.

Não esqueçam do sorteio de aniversário do blog. Participe clicando AQUI.

23 de abril de 2015

O Conto da Deusa - Natsuo Kirino

Autor(a): Natsuo Kirino | Gênero: -- | Ano: 2014 | Páginas: 288 | Editora: Rocco

Sinopse: "Nesta releitura de um conto milenar, a aclamada escritora de romances policiais Natsuo Kirino, ganhadora dos mais importantes prêmios do gênero, deixa de lado suas tramas urbanas para recriar um antigo capítulo da mitologia japonesa: a lenda das irmãs Izanagi e Izanami. Ambientada em uma ilha mística em forma de gota de lágrima, O conto da deusa é uma trágica história de amor e vingança, que reconta o mito da criação do Japão, com a marca inconfundível da autora."


"O Conto da Deusa" conta a história das irmãs Kamikuu e Namima, do Yin e do Yang, do preto e do branco, das luzes e das trevas, do amor e do ódio. Aos cinco anos de idade, Namima é separada da irmã, que se tornará a próxima Oráculo da ilha em forma de gota de lágrima e então, Namima descobre que é impura. Atrás da busca do significado de ser impura, Namima nos deixa conhecer sua trágica história de vida. 
"Mas, eu sentia que uma calamidade ainda maior encontrava-se a postos à minha espera."
É muito, muito difícil falar sobre esse livro. Primeiro porque qualquer coisinha pode escapar e contar um dos segredos do livro, depois porque eu não me recuperei totalmente da leitura, ainda. "O Conto da Deusa" é um livro imensamente triste, trágico, cheio de lições de vida sobre perdão e eu não quero falar muito da história do livro exatamente porque todos os pequeninos detalhes são  imensamente importantes nesse livro.
"Ouvi passos. Os espíritos e fantasmas devem ter escapado de dentro da vacerna para cercar a choupana, eu pensei."
Por muitas vezes, me perguntava porque a autora estava dando spoiler no comecinho do livro. "Por que ela está me contando isso, me contando aquilo?". No começo eu não entendi, mas percebi que essas pequenas dicas da autora só me faziam continuar devorando o livro, querendo saber porque tudo aquilo tinha acontecido com Namima, porque ela era impura e a cada página, cada segredo revelado, eu ficava mais e mais chocada e curiosa.
"Enquanto falava, eu sentia meu peito se contraindo. Eu não conseguia respirar. Tentei gritar mas não consegui emitir nenhum som."
Natsuo deve ser a rainha da narração. Ela nunca se perde, nunca dá uma informação incompleta ou ininteligível. Tudo o que ela narra é coerente, completo, cheio de pequenos detalhes que fazem toda a diferença para a história e durante o livro, vemos que o amor pode causar muito sofrimento.
"Eu cheguei ao que parecia ser uma abertura. Mas uma imensa pedra havia sido colocado nela, como se para bloquear o caminho."
"O Conto da Deusa" me ensinou que, às vezes, o amor pode trazer muito ódio, amargura, tristeza e egoísmo e nós precisamos aprender a perdoar. O perdão fará com que, ao partirmos, nenhuma questão ficará mal resolvida e você terá cumprido sua missão. Confesso que não sou boa em perdoar e até hoje existem pessoas que eu odeio, talvez seja hora de perdoá-las e me livrar desse sentimento que só envenena.
"Eu tinha a sensação de que uma eternidade se passara desde que eu vira a ilha pela última vez."
Por isso e tudo o mais, é difícil falar de "O Conto da Deusa" e isso só me faz acreditar ainda mais que os melhores livros são aqueles que não conseguimos resenhar perfeitamente, são aqueles que nos causam tantos sentimentos diferentes que ficamos paralisados se tentarmos descrever o que acabamos de vivenciar imersos naquelas pagina. Exatamente por isso, que "O Conto da Deusa" se tornou um dos meus favoritos.
"Seres humanos e deus são diferentes. Eu agora compreendia o quanto a raiva de um Deus podia ser assustadora."
Com personagens principais e secundários muito bem construídos e cenários bem detalhados que nos levam por trágicas histórias de amor, ensinamentos de vida e mitos da criação do Japão, Natsuo criou um livro perfeito que me fez chorar em muitas partes. Se você não conhece "O Conto da Deusa", não perca tempo, leia e aprenda um pouco mais sobre a vida, o amor e o perdão.


21 de abril de 2015

MEME: 3 Livros Que Mudaram Minha Vida






Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots. Um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

3096 Dias | Autor(a): Natascha Kampusch | Ano: 2011 | Skoob

Li "3096 Dias" em 2013, na época eu trabalhava numa empresa MUITO chata e parada. Devorava quase um livro por dia e esse foi um deles. Fiquei vidrada em casa página do livro, ver Natascha sofrendo o que sofreu me deixou MUITO chocada.
O livro mostra como uma garota de apenas dez anos foi colocada numa situação de cativeiro e como ela foi forte por tanto tempo para ter coragem de fugir e voltar para a realidade.
Na época, fiquei imaginando se tivesse acontecido comigo, o que eu faria? Como eu lutaria? Eu teria aguentado tanto tempo ou teria sucumbido? 
"3096 Dias" me fez pensar como a vida é frágil e em como você tem que ser forte.





Se Eu Ficar | Autor(a): Gayle Forman | Ano: 2014 | Skoob

Bom, Gayle e "Se Eu Ficar" me ensinaram ainda mais sobre família e o quão é importante dar mais importância ao  momento que você está com a sua família, porque numa questão de segundos, você pode não ter mais ninguém, pode ser alguém sozinha e perder todos aqueles que você ama tanto.
"Se Eu Ficar" mudou minha vida sendo um livro imensamente triste, mas com uma mensagem extremamente importante sobre família, amor e vontade de viver.








Crepúsculo | Autor(a): Stephenie Meyer | Ano: 2008 | Skoob

Acho que muita gente sabe que eu não gosto da Saga Crepúsculo, não gosto de NENHUM dos filmes, mas tenho que ser sincera e dizer que se tivesse que escolher um dos livros, escolheria o primeiro, o que deu o nome a saga.
Li "Crepúsculo" antes de virar essa febre louca. Comprei o livro em um Sebo (mas, ele tava lacradinho no plástico ainda, viu? hahah) e foi com "Crepúsculo" que eu retomei o meu vício de leitura.
Estava há ANOS sem ler nada por causa da faculdade. Era só livro de Direito, Jurisprudência e tantos outros julgados, que eu tinha me desinteressado pela ficção até ver a capa do livro e devorar "Crepúsculo".
Foi assim que o livro mudou minha vida, me fez voltar a ler compulsivamente, fez com que eu me reapaixonasse pela leitura.



Esses foram os livros que mudaram a minha vida. Você sabe numerar três livros que mudaram a sua vida? Me conta quais são!

19 de abril de 2015

Kitty - Elle S.



Autor(a): Elle S | Gênero: Romance | Ano: 2014 | Páginas: 295 | Editora: Arwen

Sinopse: "Kitty é uma gata sarcástica e cheia de mistérios que aprendeu a viver nas ruas há mais de quatrocentos anos. Independente e esperta, ela foge de qualquer contato humano, já que deixar-se ser adotada é o seu pior pesadelo. O grande medo dessa felina é que alguém desperte dentro dela o seu maior segredo.
Vivendo nos becos da cidade de São Paulo, Kitty conquista o coração de Eduardo e, contra sua vontade, vira um animal de estimação. Tudo o que essa gata não queria que acontecesse.
Entre as diversas tentativas de fuga, ela se vê cercada de afeto e carinho pelo seu novo dono e começa a ser cativada. Então, é Eduardo, seu dono ruivo e charmoso, que desperta o que Kitty tem de pior. Quando ele deseja que sua amada amiga de estimação seja mais do que ela realmente é, a gata precisa correr contra seu próprio instinto.
Ser quem ela foi condenada a ser, ou viver como quem ela verdadeiramente é? Dividida entre duas espécies, Kitty precisa decidir o destino de sua vida para viver um grande romance."


"Kitty" foi o primeiro livro que recebi em parceria com a Editora Arwen e eu tinha uma grande expectativa quanto a história, já que a capa é apaixonante e não temos o que dizer sobre ela.  A capa é linda e ponto final.

"Kitty" conta a história de uma gatinha de rua que vive em São Paulo e, numa noite fria, é encontrada por um rapaz ruivo e bêbado que a leva para casa para ser uma gatinha de estimação. O que Eduardo não sabe é que Kitty tem mais de quatrocentos anos e não é bem uma gatinha de estimação. Aos poucos, vamos conhecendo outros personagens como Arthur, melhor amigo de Eduardo, Alice, sua ex namorada vadia que é facilmente odiável e Marvin, o lindo gato que também tem muitos segredos e não é nada menos do que apaixonante.
"Eduardo era um cara bonito, sim. A combinação de seus cabelos ruivos, as sardas delicadas e os seus olhos doces, eram capazes de colocar qualquer garota de joelhos."
Por vários capítulos, vemos Kitty querer fugir de Eduardo, na verdade, ela já teve uma grande decepção com os humanos e não quer que tudo aquilo se repita, mas ela não consegue fugir de Eduardo e, aos poucos, acaba apaixonada por ele.

Achei os primeiros capítulos da história um pouco morosos, nada demais acontece, Kitty fica num eterno conflito entre ficar com Eduardo ou voltar para as ruas e continuar sua vida de gata, mas quando ela decide ficar com ele e ajudá-lo a superar o termino do relacionamento dele com Alice o livro começa a andar e a história fica realmente mais envolvente.
"E também não era como se eu quisesse me apaixonar daquela forma por Eduardo. Acontecera. Eu não tinha pedido para que meus sentimentos nublassem a minha razão a cada vez que os olhos castanhos e aqueles cabelos deliciosamente ruivos estavam à minha frente. Acontecera."
Com o passar dos capítulos, conhecemos os personagens mais a fundo e descobrimos o segredo que Kitty guarda e, a partir dai, é impossível não torcer por ela e Eduardo. "Kitty" tem uma história leve, os personagens não são muito profundos e os cenários são bem pouco explorados, mas é daqueles livros que te prende por algumas horas, que faz você esquecer tudo ao seu redor e torcer loucamente para que Kitty e Eduardo fiquem juntos.
"De onde estava, pequena e oculta pelas sombras, eu não podia ser vista por eles e agradeci por isso. Eu não estava pronta para dizer adeus aos meus dois melhores amigos. Não estava pronta par aligar com o olhar de Marvin e Arthur ao descobrirem que seu plano havia falhado."
O final de "Kitty" é tudo aquilo que você espera, mas com um toque a mais. A Autora consegue nos dar uma grata surpresa com o final e vemos que, no livro, o amor pode curar tudo, até uma maldição.

*Livro cedido em parceria com a editora

18 de abril de 2015

Leia o Primeiro Capítulo de "A Herdeira"


Recebi um e-mail da Editora Seguinte com essa incrível novidade. Para quem leu a trilogia "A Seleção" como eu (e gostou ou odiou como eu), deve estar curioso para saber o que vem em "A Herdeira" e a editora liberou o primeiro capítulo pra gente.



Falta exatamente 1 mês para o lançamento de A herdeira, e pra comemorar resolvemos compartilhar o 1º capítulo com vocês! Leia aqui :D


A herdeira chega nas livrarias dia 5 de maio de 2015, e já está em pré-venda. Veja a sinopse:

Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, a filha mais velha do casal. Criada para ser uma líder forte e independente, ela nunca quis viver um conto de fadas como o de seus pais. Por isso, antes de conhecer os 35 pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, a jovem está totalmente descrente. Mas, assim que a competição começa, a situação muda de figura. E Eadlyn percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto imaginava.





Aproveite para conhecer também os lançamentos de Abril da Editora Seguinte:



15 de abril de 2015

Emoji Book Tag


Fui indicada para essa TAG pela Ana Carol do Malucas Por Romance.
Nessa TAG você precisa escolher cinco emoticons que você sempre usa e relacioná-los com livros. Bom, vamos lá.




Tai-Pan - James Clavell | Ano: 1966 | Páginas: 739 | Editora: Record

Eu sei que é um livro BEM antigo e muita gente nem deve saber da existência dele, mas deve ser o melhor livro que já li na vida. Terminei de ler Tai-Pan quando tinha uns 18 anos e lembro que chorei a noite toda. Sério, chorei a MADRUGADA inteira. Estava tão ligada nos personagens que foi difícil me desligar do livro depois, fui pra sala assistir TV e chorar até o dia clarear.





Se eu Ficar / Para Onde ela foi - Gayle Forman | Ano: 2014| Páginas: 224 | Editora: Novo Conceito

"Se Eu Ficar" e "Para Onde Ela Foi" são as meninas dos meus olhos. Não consigo dizer outros livros quando me perguntam "Qual livro você me indica?". Eu sei que Gayle não se aprofundou muito nos personagens e muita coisa nos livros é rasa, mas eu sou apaixonada por essa história.






A Garota Que Você Deixou Para Trás - Jojo Moyes  | Ano: 2014 | Páginas: 384 | Editora: Intrínseca

Um livro que amei, estava apaixonada, devorando página atrás de página e, então, Jojo resolveu trazer o livro para uma nova realidade, colocar novos personagens e a história ficou lenta, maçante, chata. Quando você já estava habituado aos outros personagens, torcendo por eles e vibrando com cada acontecimento, ela me muda tudo. Foi decepcionante, tanto que larguei a leitura no meio.







Mentirosos  - E. Lockhart  | Ano: 2014 | Páginas: 272 | Editora: Seguinte

Você está lá, lendo um livro sobre adolescentes, normal, só lendo, se divertindo e então, E. Lockhard dá um tremendo tapa na sua cara e você termina o livro ainda sem saber o que te acertou. "Mentirosos" é desses livros que te põe no chão de tão bem construídos.










Série A Seleção  - Kiera Cass  | Ano: 2012 | Páginas: 386 | Editora: Seguinte

"A Seleção" não é de todo o ruim, mas me decepcionei com o andar da história. Kiera teve três livros para fazer uma história nos moldes de Cinderela, ser fenomenal, ser exclusiva, ser marcante, mas ela não conseguiu. Me arrependo de ter perdido tempo com eles ao invés de ler outros livros.




E então, o que acharam dos emoticons que eu mais uso e das minhas respostas? Adorei fazer essa TAG e se você quiser fazer, sinta-se convidado por mim e divirta-se

13 de abril de 2015

[SORTEIO] Um Ano De LuMartinho



Hoje o blog comemora UM aninho de vida #TodosComemora e essa é a postagem nº 100 do blog, não podia ser mais especial. Então, junto com os blogs parceiros Amores e Livros, Lisossomos, Paraíso das Idéias, Quem Lê, Sabe porquê e Território nº6 vamos realizar um LINDO sorteio.

São seis livros para um ganhador. Isso mesmo, UM sortudo vai levar os seis livros e marcadores! Basta seguir as regras e torcer para ser o sortudo da vez!


Jardim Secreto - Johanna Basford - LuMartinho
Um Gato de Rua Chamado Bob - James Bowen - Amores e Livros
Estou com sorte - Douglas Edwards - Lisossomos
Cinquenta Tons de Liberdade - E.L. James - Paraíso das Idéias
Do seu lado - Fernanda Saads - Quem lê, Sabe Porquê
Auto da Compadecida - Ariano Suassuna - Território nº6














Regras:

  • Preencher as entradas obrigatórias do questionário;
  • Ter endereço de entrega em território nacional;
  • Comentar neste post com e-mail válido e ID do GFC;


a Rafflecopter giveaway


As entradas opcionais lhe darão mais chances de ser sorteado.
O sorteio rola até dia 13/05 e o resultado sai em até 5 dias do término do sorteio.
O sorteado será contactado através do e-mail informado neste post e terá 48 horas para responder com os dados solicitados, sob pena de um novo sorteio.
A responsabilidade de envio dos prêmios é dos blogs participantes, que terão até 45 dias para enviar os livros e não são responsáveis por danos ou extravios durante o transporte/entrega. Caso o prêmio retorne para o remetente, não será feio novo envio.
Perfis fakes ou promocionais, serão desclassificados.


Let's get started!

11 de abril de 2015

Fingindo – Cora Carmack













Autor(a): Cora Carmack | Gênero: YA/Romance | Ano: 2015 | Páginas: 336 | Editora: Novo Conceito

Losing It  #2


Sinopse: "Por quanto tempo você consegue prender alguém? 

Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la.
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você."



Minhas leituras estão muito atrasadas, mas muito mesmo! Não faço uma resenha decente desde "Supernova" e demorei demais para ler "Fingindo". O que levaria normalmente dois ou três dias eu levei quinze, mas não porque o livro é ruim, na verdade não é nada ruim.

"Fingindo"conta a história de Cade, um rapaz bom moço, voluntário e fofo que acabou de ter seu coração despedaçado e Max uma musicista de cabelos vermelhos que vive um dia de cada vez. O que eles não esperavam era ter seus caminhos entrelaçados de uma forma tão inesperada. Cade e Max são o oposto um do outro, o tipo de casal que não daria certo, mas Max precisa de um namorado melhor do que seu atual, Mace, um roqueiro boca suja que não deixaria mãe nenhuma orgulhosa e assim, Max escolhe Cade para fingir seu namorado por vinte e quatro horas pelo simples fato dele ser um cara com que ela não se relacionaria nunca.
"A vida me deixou confusa, ferida e sufocada."
Comecei "Fingindo"com aquele medo de não gostar, aquele receio de saber que por ser um livro fora do meu gênero literário preferido eu teria uma leitura lenta, arrastada, chata e cheia de clichês, mas Cora tem uma escrita bem leve e divertida que me prendeu por muito pouco. Com capítulos alternados entre Cade e Max, conseguimos conhecer, devagar, um pouquinho mais de cada um e descobrir os segredos que eles guardam.

Com pouquíssimos capítulos eu estava muito inclinada a me apaixonar por Cade. Ela é o tipo de cara com atitudes maduras, sabe quando deve falar ou ficar calado, é um fofo e parece muito gostoso. Achei que seria a minha primeira paixão platônica por um protagonista de livro, mas então, Cora jogou em mim uma informação totalmente relevante, que estragou um pouco minha leitura: Cade tem vinte e dois anos. Sério, Cora? VINTE E DOIS?

Nunca, Jamais, NEVER, Non mai, Nie nesse mundão véio sem porteira, um homem de vinte e dois anos teria as reações e atitudes que Cade tem no livro. NUNCA! Cade deveria ter, no mínimo, mais dez ou quinze anos somados a essa idade que Cora nos revela para que suas ações ficassem BEM encaixadinhas.

E foi ai que minha paixão por Cade se dissipou. 
"Max me matava de medo.
E era tão melhor..."
A família de Max é, com certeza, uma parte fundamental no livro e gostei muito como Cora conduziu tudo com os pais de Max e os encontros dele com Cade, me peguei sorrindo em vários momentos deles juntos e é impossível não torcer pelos dois quando ambos percebem a química que rola entre eles.

Fingindo tem essa escrita leve de Cora e a leitura flui quase naturalmente. Se não fossem os percalços da vida pessoal, teria devorado o livro em dois dias de tão gostosa que a história é. Se você gosta de YA ou New Adult precisa conhecer Cora, Cade e Max.
"Se era um erro, foi o melhor que já cometi"
Agora, quero ler "Perdendo-me" para entender tudo o que aconteceu entre Bliss e Cade.

*Livro cedido em parceria com a editora

9 de abril de 2015

Parceria: Editora Aqueiro - Sextante - Saída de Emergência





É com um prazer enorme que faço esse post para comunicar que, agora, o blog é parceiro das Editoras Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência. Não vejo a hora de começar a resenhar os livros perfeitos dessas editoras, mas por enquanto apresento um pouco mais delas para vocês.


Editora Arqueiro
Geraldo Jordão Pereira (1938-2008) começou sua carreira aos 17 anos, quando foi trabalhar com seu pai, o célebre editor José Olympio, publicando obras marcantes como "O menino do dedo verde", de Maurice Druon, e "Minha vida", de Charles Chaplin.

Em 1976, fundou a Editora Salamandra com o propósito de formar uma nova geração de leitores e acabou criando um dos catálogos infantis mais premiados do Brasil. Em 1992, fugindo de sua linha editorial, lançou Muitas vidas, muitos mestres, de Brian Weiss, livro que deu origem à Editora Sextante.

Fã de histórias de suspense, Geraldo descobriu O Código Da Vinci antes mesmo de ele ser lançado nos Estados Unidos. A aposta em ficção, que não era o foco da Sextante, foi certeira: o título se transformou em um dos maiores fenômenos editoriais de todos os tempos.
Mas não foi só aos livros que se dedicou. Com seu desejo de ajudar o próximo, Geraldo desenvolveu diversos projetos sociais que se tornaram sua grande paixão.

Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a esta figura extraordinária, capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.

Lançamentos:
















Editora Sextante
Numa época em que o homem só dispunha do céu e das estrelas para se orientar, o Sextante era uma ferramenta fundamental para se atingir o destino desejado. Observando através do Sextante, o navegador se norteava, medindo a distância entre os astros e o horizonte.

Foi por essa razão que escolhemos o nome Sextante para nossa editora. Vivemos, nesse início do terceiro milênio, um momento de inquietação e ansiedade, em que a aparente perda de valores essenciais convive com uma intensa busca da felicidade. Conscientes dessa realidade, investimos para que cada produto da Sextante seja um instrumento precioso para alcançar a paz interior, a espiritualidade e o crescimento pessoal, tratando sempre de temas importantes para a plena realização humana.

Tendo por denominador comum a busca da felicidade e da realização pessoal, nossos livros abrangem temas que vão do desenvolvimento espiritual à descoberta da vocação profissional, passando pela conquista da própria identidade e do amor que se deseja.

Fundada em 1998, a Sextante tem entre os seus autores Brian Weiss, James Van Praagh, James Hunter, Augusto Cury, Allan e Barbara Pease, Mark W. Baker e Hugh Prather.

Lançamentos:















Editora Saída de Emergência
A editora Sextante e a editora portuguesa Saída de Emergência, dos irmãos António Vilaça Pacheco e Luís Corte Real, darão início a uma nova operação: A Saída de Emergência Brasil. Assim como a sócia portuguesa, a nova editora é dedicada a livros de fantasia e romances históricos luso-brasileiros.

A Coleção Bang! lançará títulos de horror, ficção científica e fantasia. Os primeiros livros a serem lançados ainda em 2013 são "Mago - Aprendiz", de Raymond E. Feist, considerado uma obra-prima da literatura fantástica, "A Corte do Ar", de Stephen Hunt e "Tigana", de Guy Gavriel Kay, que revolucionou a fantasia histórica. De acordo com o cronograma editorial, a previsão é publicar um novo livro por mês em 2014.Repetindo uma experiência bem sucedida em Portugal, a nova editora também publicará uma revista quadrimestral dedicada à cultura do fantástico, desde a literatura ao cinema e HQs, não faltando entrevistas, ensaios e ficção. O melhor da revista? A distribuição é gratuita.

Últimos Lançamentos:


7 de abril de 2015

Projeto 7 de 7


O Projeto 7 de 7 consiste em 7 blogs, publicando 7 fotos sobre o tema escolhido, todo dia 7 de cada mês, durante 1 ano.

O Tema de Abril é OUTONO.

A foto abaixo foi tirada no Outono de 2013 e é a vista da Galeria do Rock.


Essa foto é a vista da Estação Santo Amaro de trem - Outono de 2013
Foto de 2013
Campos do Jordão - Outono de 2013
Manhã em Campos do Jordão - Outono de 2013


Campos do Jordão - Outono de 2013


Campos do Jordão - Outono de 2013































































































Infelizmente não tive tempo de tirar fotos do Outono deste ano, mas mês que vem veio  mais preparada para o desafio!

Não deixem de visitar os blogs participantes

Aline Vargas – Amores e Livros
Maria Cristina – Garota Que Lê
Camila Chrispino - Once Upon a Time
Gleyse Vieira - Território nº 6
Milena - Garota Hostil

5 de abril de 2015

TOP 5: Livros Para Ler em Abril





Começando mais um mês e mais um TOP: 5 de livros para ler. Na verdade, hoje era pra ter uma resenha aqui no blog, mas devido a acontecimentos recentes, a resenha ficou para depois #TodosChora. Mas, enfim, esses são os que eu estou querendo muito ler e vocês, querem ler algum desses?!


Neve na Primavera - Sarah Jio
Sinopse: SEATTLE, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.
Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade.
Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.
Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos,
Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.



A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff
Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.






Toda Luz Que Não Podemos Ver - Anthony Doerr
Sinopse: Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.


A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida - Laura Tait e Jimmy Rice 
Sinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?
Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.
Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?
Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas. 


Isto Não É Um Livro - Keri Smith
Sinopse: O que é um livro? Para Keri Smith, criadora de Destrua este diário e Termine este livro, essa pergunta pode ter várias respostas: um livro pode ser uma mensagem secreta, um equipamento de gravação, um instrumento musical... tudo depende da maneira como lidamos com ele. Neste novo projeto, Keri surpreende os leitores com inúmeras situações inusitadas que os farão questionar o que de fato é um livro. Plantar ideias, transformar páginas, viajar no tempo, desafiar-se — os convites a interagir e interferir no conteúdo são os mais diversos e improváveis, numa aventura de criação que atiça a curiosidade e bagunça os paradigmas do que são e para que servem os livros que lemos.




2 de abril de 2015

Lançamentos de Abril - Editora Novo Conceito




Neve Na Primavera - Sarah Jio
Gênero: Drama
Sinopse: SEATTLE, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.
Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade.
Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.
Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos,
Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.



A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff
Gênero: Drama
SinopseDepois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente.
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.


Veja o BookTrailer:


O Mago - Fernando Morais
Gênero: Biografia
SinopseSem medo da polêmica, O Mago desnuda o passado de um homem que viveu intensamente os seus anos loucos. Nenhum tema foi proibido e nada foi tratado de maneira superficial: do desbunde em plena onda hippie à conexão com o misticismo, que transformaria a persona do escritor em guru espiritual das massas. Das práticas de satanismo à peregrinação pelo caminho de Santiago de Compostela. Da Sociedade Alternativa à vida de celebridade pop. Das acusações de plágio à consagração em países tão distantes quanto Rússia e Arábia Saudita.
Nessa devassa consentida, Paulo Coelho entregou seus 170 diários e um baú de relíquias ao genial jornalista investigativo Fernando Morais, que traçou um retrato preciso e impressionante do maior fenômeno literário já visto no Brasil. Paulo Coelho é o autor mais vendido da língua portuguesa de todos os tempos. Foram mais de 150 milhões de exemplares em mais de 150 países. Seus livros foram traduzidos para nada menos que 66 idiomas.
Sobre a natureza chocante das revelações, o biografado revelaria, tempos depois: Com a leitura de O Mago consegui dormir em paz pela primeira vez em muitos anos . Se a exposição frenética de tragédias e fraquezas pode parecer agressiva para muitos, para Paulo Coelho foi libertadora.


"A Lista" de Cecelia Ahern teve o lançamento adiado para Maio.

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo