23 de abril de 2015

O Conto da Deusa - Natsuo Kirino

Autor(a): Natsuo Kirino | Gênero: -- | Ano: 2014 | Páginas: 288 | Editora: Rocco

Sinopse: "Nesta releitura de um conto milenar, a aclamada escritora de romances policiais Natsuo Kirino, ganhadora dos mais importantes prêmios do gênero, deixa de lado suas tramas urbanas para recriar um antigo capítulo da mitologia japonesa: a lenda das irmãs Izanagi e Izanami. Ambientada em uma ilha mística em forma de gota de lágrima, O conto da deusa é uma trágica história de amor e vingança, que reconta o mito da criação do Japão, com a marca inconfundível da autora."


"O Conto da Deusa" conta a história das irmãs Kamikuu e Namima, do Yin e do Yang, do preto e do branco, das luzes e das trevas, do amor e do ódio. Aos cinco anos de idade, Namima é separada da irmã, que se tornará a próxima Oráculo da ilha em forma de gota de lágrima e então, Namima descobre que é impura. Atrás da busca do significado de ser impura, Namima nos deixa conhecer sua trágica história de vida. 
"Mas, eu sentia que uma calamidade ainda maior encontrava-se a postos à minha espera."
É muito, muito difícil falar sobre esse livro. Primeiro porque qualquer coisinha pode escapar e contar um dos segredos do livro, depois porque eu não me recuperei totalmente da leitura, ainda. "O Conto da Deusa" é um livro imensamente triste, trágico, cheio de lições de vida sobre perdão e eu não quero falar muito da história do livro exatamente porque todos os pequeninos detalhes são  imensamente importantes nesse livro.
"Ouvi passos. Os espíritos e fantasmas devem ter escapado de dentro da vacerna para cercar a choupana, eu pensei."
Por muitas vezes, me perguntava porque a autora estava dando spoiler no comecinho do livro. "Por que ela está me contando isso, me contando aquilo?". No começo eu não entendi, mas percebi que essas pequenas dicas da autora só me faziam continuar devorando o livro, querendo saber porque tudo aquilo tinha acontecido com Namima, porque ela era impura e a cada página, cada segredo revelado, eu ficava mais e mais chocada e curiosa.
"Enquanto falava, eu sentia meu peito se contraindo. Eu não conseguia respirar. Tentei gritar mas não consegui emitir nenhum som."
Natsuo deve ser a rainha da narração. Ela nunca se perde, nunca dá uma informação incompleta ou ininteligível. Tudo o que ela narra é coerente, completo, cheio de pequenos detalhes que fazem toda a diferença para a história e durante o livro, vemos que o amor pode causar muito sofrimento.
"Eu cheguei ao que parecia ser uma abertura. Mas uma imensa pedra havia sido colocado nela, como se para bloquear o caminho."
"O Conto da Deusa" me ensinou que, às vezes, o amor pode trazer muito ódio, amargura, tristeza e egoísmo e nós precisamos aprender a perdoar. O perdão fará com que, ao partirmos, nenhuma questão ficará mal resolvida e você terá cumprido sua missão. Confesso que não sou boa em perdoar e até hoje existem pessoas que eu odeio, talvez seja hora de perdoá-las e me livrar desse sentimento que só envenena.
"Eu tinha a sensação de que uma eternidade se passara desde que eu vira a ilha pela última vez."
Por isso e tudo o mais, é difícil falar de "O Conto da Deusa" e isso só me faz acreditar ainda mais que os melhores livros são aqueles que não conseguimos resenhar perfeitamente, são aqueles que nos causam tantos sentimentos diferentes que ficamos paralisados se tentarmos descrever o que acabamos de vivenciar imersos naquelas pagina. Exatamente por isso, que "O Conto da Deusa" se tornou um dos meus favoritos.
"Seres humanos e deus são diferentes. Eu agora compreendia o quanto a raiva de um Deus podia ser assustadora."
Com personagens principais e secundários muito bem construídos e cenários bem detalhados que nos levam por trágicas histórias de amor, ensinamentos de vida e mitos da criação do Japão, Natsuo criou um livro perfeito que me fez chorar em muitas partes. Se você não conhece "O Conto da Deusa", não perca tempo, leia e aprenda um pouco mais sobre a vida, o amor e o perdão.


Comente com: ou

26 comentários:

  1. Lu, não conhecia o livro, mas achei muito lindo e fiquei curiosa pela leitura.

    Parece ser cheio de ensinamentos.

    Também sou rancorosa, péssima para perdoar. Espero um dia tirar isso de mim.[

    Fiquei curiosa para saber mais da história dessas irmãs, principalmente da "impura".


    Lisossomos

    ResponderExcluir
  2. Amiga pra falar a verdade eu nunca tinha visto esse livro, mas pelas coisas que você contou em sua resenha me deixou bastante interessada, principalmente porque gosto bastante de livros que nos passam algumas lições de vida, mas tipo, qual é o gênero dele? É que fiquei curiosa e sinceramente o livro me chamou bastante atenção. ÓTIMA RESENHA! Conseguiu me conquistar pelas suas palavras =D

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-mundo-cao.html

    ResponderExcluir
  3. Tatiana Petraccone24 de abril de 2015 11:27

    Oi Lu!!!
    Não conhecia o livro e acho que não leria sobre, ou procuraria se visse "por ai".
    Sua resenha me deixou curiosa, adoro livros que nos fazem pensar na vida, que nos deixam lições. Um dia quero ler esse livro!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu!

    Não conhecia essa história, mas amei tudo! Adoro histórias japonesas, ainda mais quando vem acompanhadas por lições de vida. Tenho certeza que iria amar esse livro se tivesse a oportunidade de lê-lo.

    B-jussssss!

    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  5. tenho ouvido falar que O Conto da Deusa" conta a história das irmãs Kamikuu e Namima, é muito bom, e pela resenha fiquei muito intrigada ...

    ResponderExcluir
  6. Uau!!! É sempre isso que espero de um livro, todos os sentimentos que você descreveu, é o que faz uma leitura ser inesquecível. Adoro ler sobre a cultura oriental e percebo que escritores orientais estão se destacando, acho isso ótimo!!! E é claro que estou curiosíssima para ler esse livro, já vai para lista de desejados!!!! Bjs

    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amiga quando puder venha conferir a nova resenha do meu cantinho
    A Agatha que escreveu - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/resenha-ligacoes.html

    ResponderExcluir
  8. Ahhhh que resenha top! Adorei saber que você mergulho tão profundamente assim na leitura e entendo isso de não se recuperar logo de uma leitura, haha!

    Já adicionei na listinha e espero poder ler em breve <3

    Bjs!

    Seguindo aqui ;)

    Jhonatan | Leitura Silenciosa

    PARTICIPE DO NOSSO TOP COMENTARISTA E CONCORRA A DOIS LIVROS INCRÍVEIS!

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, fiquei SUPER curiosa para ler esse livro, principalmente por ele ter mexido tanto com você. Eu adoro livros que nos trás uma lição de moral, e pelo que você disse, com esse a gente aprende a perdoar, podemos ver o quanto isso é importante. Com certeza entrou para a minha lista!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia a história e mesmo não curtindo muito o gênero fiquei curiosa para ler e descobrir esses segredos =P


    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu!

    Que vontade de ler esse livro.

    Além de mangás, nunca li nada que abordasse nem que fosse um pouco alguma coisa do japão, o que é uma coisa bem triste uma vez que eu gosto bastante do pais.

    Adoro livros que nos fazem refletir sobre sentimentos, e ainda mais quando tendem a passar um ensinamento igual a esse, sobre perdão.

    Beijos

    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá,Lu.
    UAU, o livro parece ser bem bacana, você elogiou tanto que é impossível não ficar curiosa. Adoro personagens bem construídos e a obra parece ser bacana. Gostei.
    Beijos.

    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lu!! Que história bacana. Pelo tanto de elogios, o interesse vai lá em cima. Com certeza é uma ótima história.
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Deby!!
    Essa coisa de perdoar é difícil de aprender, estou trabalhando nisso. Perdoar, mas esquecer jamais! hahah
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oi Dessa!!
    A história é maravilhosa, não sei porque não ouvi mais sobre o livro por ai, porque ele merece!! Também sou a rainha do rancor, mas é melhor a gente trabalhar isso haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. OI Sil!!
    Eu não sei exatamente o gênero dele, até procurei pela net, mas não achei. O importante é que o livro é maravilhoso *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Tati!!
    Leia se puder! É muito bonito, as lendas são lindas e é tão triste e argh, muito bom!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Nina!!
    Eu também gosto e elas sempre tem esse monte de ensinamento. Deve ser coisa da cultura deles, sempre contar uma história que no fim tenha-se algo a aprender!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. OI Clarice!
    É isso mesmo e é uma história muito, muito linda!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi Gleyse!!
    Eu também! <3 se todos os livros tivessem 1/3 do que esse tem em sentimentos, todos seriam maravilhosos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Jhonatan!
    Eu adoro mergulhar assim nos livros, é muito legal!
    Espero que você goste tanto quanto eu!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oi Ketrin!
    Esse livro é DEMAIS!! Eu ainda estou emocionada com o livro ahhaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oi Clayciele!
    São muitos segredos e o livro é ótimo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. OI Gu!
    Eu adoro autores asiáticos, eles são tão intensos!!
    Eu acho que você iria gostar muito desse livro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Oi Inês!
    Que bom que gostou, eu amei o livro, ele é maravilhoso!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi Markus!
    É sim, uma história maravilhosa, não tem jeito de não se apaixonar!!
    Beijos!

    ResponderExcluir

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo