21 de agosto de 2015

Eu Estive Aqui - Gayle Forman














Autor(a): Gayle Forman | Gênero: Romance/Drama | Ano: 2015 | Páginas: 240 | Editora: Arqueiro

Sinopse: Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Cody e Meg eram melhores amigas, cresceram juntas, viviam juntas e sonhavam acordada juntas, até que Meg vai para a faculdade e Cody fica em sua minúscula cidade natal. Cheia de inveja e rancor por Meg estar vivendo uma parte do sonhos dela e cursando faculdade, Cody acaba se afastando da amiga mais do que o necessário, até que recebe um e-mail: Meg cometeu suicídio. A partir daí, Cody embarca numa missão arriscada e cheia de surpresas para descobrir o que levou a melhor amiga que ela conhecia desde sempre a se matar sem pensar em seus amigos e família.

Já fiz essa resenha mil vezes na minha cabeça e todas as vezes eu chego no mesmo lugar. Bom, eu estava MUITO animada para ler "Eu Estive Aqui", afinal eu adoro a Gayle e depois de "Apenas Um Dia", eu precisava de algo novo e emocionante vindo dela e "Eu Estive Aqui" tinha todos os elementos.

Infelizmente, uma Querida (vamos chamar assim pra não descer o nível da resenha) soltou um SPOILER do livro no grupo da editora que eu participo no Whatsapp, o Spoiler era justamente o motivo que levou Meg a cometer suicídio só isso, nada mais, magina. Segundo a Querida, o que ela disse ficava muito claro bem no comecinho do livro, o que não era uma opinião unanime no grupo e deu o maior bafafá.
"Fico observando enquanto ele lê. É como assistir a uma avalanche. Primeiro, os deslizamentos de neve, depois uma onda maciça, até que o rosto de Ben desmorona."
Fiquei tão desanimada com a leitura, que o livro não teve o mesmo impacto que eu achava que teria com a leitura inédita. Já li o livro com todos os motivos na minha cabeça, então as reviravoltas, os amadurecimentos de Cody e as descobertas que ela faz durante o livro era mais do mesmo, entendem?

Mesmo com tudo o que aconteceu, Gayle tem essa escrita maravilhosa e sempre vai liberando os segredos do livro aos poucos enquanto constrói ótimos personagens e mesmo já sabendo o que aconteceria no livro, "Eu Estive Aqui" foi uma leitura gostosa e rápida. Cody amadurece ao longo do livro e um romance gostoso e complicado acompanha toda a história.
"Então sorri. Deve ser o sorriso mais fraco que já vi na vida, mas está ali."
Um livro sobre amadurecimento, superação e que aborda um tema difícil de ser discutido, mostrando que as pessoas precisam de ajuda, por mais que todos achem que a doença abordada no livro é só uma bobagem. E, por favor, tomem mais cuidado ao comentar um livro com outras pessoas, seu comentário pode ser a ruína de uma boa leitura.


*Livro cedido em parceria com a editora




Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo