20 de outubro de 2015

Caixa de Pássaros - Josh Malerman













Autor(a): Josh Malerman | Gênero: Thriller | Ano: 2015 | Páginas: 272 | Editora: Intrinseca | Skoob

Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.



Esse livro foi indicado pela do Blog Palavras Radioativas, pelo Projeto Tá Na Estante, Não Leu,? Seu Amigo Escolheu. É um livro que eu queria muito ler mesmo antes de tanta falação sobre o autor ou a história. O único problema foi que o livro não aconteceu. Calma, eu vou explicar.

O livro é narrado em terceira pessoa e conta, hora no passado, hora no presente, a vida das pessoas que se deparam com uma criatura misteriosa que não é descrita em momento algum, não sabemos como são ou o que são. No meio de toda a histeria, Malorie e seus dois filhos pequenos são os únicos sobreviventes que conhecemos e as esperanças de Malorie estão há 32km descendo o rio. Porém, a viagem deve ser feita com os olhos vendados, contando apenas com os ouvidos treinados de seus filhos.


Eu sou o tipo de pessoa que só acredito em uma historia quando ela é bem embasada e, em Caixa de Pássaros, passamos o livro todo querendo saber o que está acontecendo e sem saber porque, exatamente, as pessoas não abrem os olhos. 

Que criaturas são essas? São criaturas? Só as pessoas boas e sãs surtam? Os loucos podem ver as "criaturas" e nada acontece?

Essas questões ficavam balançando e me perturbando durante toda a leitura. É inegável que Josh tem uma escrita maravilhosa e manda muito bem? É sim, mas e os furos no livro? Que me perdoem os que teimam em afirmar que Josh escreveu uma história intrigante e incrível, mas pra mim, alguma coisa acabou faltando.


Todo o terror envolvendo as "criaturas" e o fato de todos enlouquecerem quando as veem, se é que são criaturas ou seja lá o que for, é muito gostoso, dá aquele frio na barriga, aquele desespero quando os personagens saem de casa de olhos vendados e ficam tendo sensações estranhas do lado de fora. De certa forma você também está vendado e isso é muito gostoso, muito assustador, você se sente um dos personagens que não podem abrir os olhos, mas os furos na história me deixaram um pouco chateada. Josh tem uma escrita muito gostosa e rápida, devorei o livro em dois dias, mas alguma coisa acabou faltando pra mim. 

O nome do livro se explica bem durante a história e Malorie é aquela personagem forte e cativante. É impossível não se identificar com ela e seus medos. Classifico "Caixa de Pássaros" como um livro que muitos vão amar e muitos vão odiar com todas as forças e, talvez, por ser um dos meus gêneros preferidos, exigi demais da história.
"Mas aqui ela sabe que não estão tão perdidos.
Nem sozinhos."
Mesmo assim, indico o livro para todos que gostam de suspense e aquele friozinho na barriga, mas preparem-se para terminar o livro com muitas perguntas sem respostas.







Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo