14 de outubro de 2015

Memórias de Uma Gueixa - Arthur Golden













Autor(a): Arthur Golden | Gênero: -- | Ano: 2015 | Páginas: 448 | Editora: Arqueiro | Skoob

SinopseOlhos cinza-azulados. Muita água em sua personalidade, é o que diz a tradição japonesa. A água que sempre encontra fendas onde se infiltrar, cujo destino não pode ser detido. Assim é Sayuri, uma das gueixas mais famosas de Gion, o principal distrito dessa arte milenar em Kioto. Com um olhar, ela é capaz de seduzir. Com uma dança, ela deixa os homens a seus pés. O que ninguém sabe é que, por trás da gueixa de sucesso, há um passado de perdas e desilusões de uma mulher que, desde o dia em que o pai a vendeu como escrava, fez cada uma de suas escolhas motivada pelo amor ao único homem que lhe estendeu a mão. Neste livro acompanhamos sua transformação enquanto ela deixa para trás a infância no vilarejo pobre e aprende a rigorosa arte de ser uma gueixa: dança e música, quimonos e maquiagens; como servir o chá de modo a revelar apenas um vislumbre da parte interna do pulso; como sobreviver num mundo onde o que conta são as aparências, onde a virgindade de uma menina é leiloada, onde o amor é considerado uma ilusão. Já idosa, vivendo nos Estados Unidos, ela narra suas memórias com a sabedoria de quem teve uma vida longa e o lirismo de quem soube encontrar nela seu lado mais doce. Neste relato único, que reúne romance, erotismo e, muitas vezes, a dura realidade, Arthur Golden desenvolve uma escrita refinada e dá voz a uma personagem instigante e humana que conquistou milhões de leitores em todo o mundo.


Chiyo é uma gartotinha que não nasceu, nem foi criada para ser uma gueixa. Quando é vendida pelo próprio pai para ser escrava em Kioto, tudo o que Chiyo pensa é fugir para reencontrar a irmã. Ela é frequentemente maltratada e humilhada por Hatsumomo, um das gueixas mais bonitas de Gion que tem uma inveja enorme da pequena Chiyo, com sua beleza exótica. Hatsumono teme que Chiyo venha a ser uma gueixa mais desejada que ela e Graças a essa inveja Chiyo é castigada diversas vezes, já que Hatsumomo sempre a coloca em problemas. Com muita esperança, a pequena Chyio tenta de tudo para reencontrar a irmã e fugir, mas ao que parece, seu destino é ser uma gueixa.
"Hatsumomo sorria quando estava feliz, como todo mundo. E nunca ficava mais feliz do que quando podia fazer alguém sofrer."
O Filme "Memórias de uma Gueixa" já era um dos meus filmes preferidos. Assisti ainda muito nova, sem saber muita coisa da vida e o filme me marcou muito com a história de Sayuri. O que contei no primeiro parágrafo não é nem metade das coisas que acontecem com Sayuri durante toda a história. Ela tem a vida marcada por grandes acontecimentos, bons e ruins.

Acho que as resenhas mais difíceis são daqueles livros que a gente mais gosta e mais se envolve e é isso que estou sentindo agora. "Memórias de uma Gueixa" é um livro que mexe muito comigo, que me ensinou várias coisas que o filme já tinha me passado, mas que o livro trouxe muito mais evidenciado, como um tapa na cara e se eu começar a contar sobre o livro, corro o risco de dar algum spoiler e estragar algo para alguém que ainda não teve a oportunidade de se deliciar com essa história. 
"A Adversidade é como uma ventania duradoura."
É um livro misterioso, cheio de cultura e ensinamentos. Uma leitura rica e envolvente. Agradeço muito a Editora Arqueiro por ter relançado esse livro e ter me dado a oportunidade de mergulhar novamente nessa obra, no mundo das gueixas e poder sentir toda essa história novamente com uma edição maravilhosa.


*Livro cedido em parceria com a Editora



Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo