19 de novembro de 2015

A Garota no Trem - Paula Hawkins











Autor(a): Paula Hawkins | Gênero: Ficção | Ano: 2015 | Páginas: 378 | Editora: Record | Skoob

SinopseTodas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.



Rachel divide um apartamento com sua colega de faculdade Cathy e todos os dias ela pega o trem e faz o trajeto de Ashbury para Londres onde deveria trabalhar, mas Rachel perdeu o emprego devido aos seus problemas com o alcool e ela tenta esconder isso de Cathy. Em seu trajeto, Rachel criou alguns rituais e, um deles, é observar a cada de número 15 onde mora um casal que ela nomeou de Jess e Jason.


Na cabeça de Rachel, Jess e Jason são um casal perfeito, mas na verdade eles são Megan e Scott. Megan é uma bela mulher, mas é cheia de problemas e sua vida não é nada perfeita. Scott é um homem apaixonado e muito possessivo que faz de tudo para que sua esposa seja feliz, contanto que seja em seus próprios termos.

Megan trabalhava em uma galeria de artes que fechou, então ela oferece seus trabalhos como babá aos vizinhos da casa 23 onde moram Tom e Anna. Tom é o ex-marido de Rachel e a trocou por Anna, uma jovem que engravidou e se tornou uma mãe e dona de casa em tempo integral. Anna odeia Rachel e acredita em tudo o que Tom diz sobre ela, achando que tudo o que Rachel quer é reatar o relacionamento com Tom e fazer mal a sua família.


Bom, conhecendo um pouco da história, você já pensa muita coisa, mas eu esperava uma história completamente diferente. Achei que a história seria mais em torno do trem, uma garota misteriosa no trem, algo assim. Estou com essa mania de não ler sinopses e tentar adivinhar do que se trata a história e talvez, por isso, o livro tenha me surpreendido em muitos pontos.

Para mim, Rachel, Megan e Anna vivem, sem mais nem menos, relacionamentos abusivos. Cada uma a sua forma e todas aceitam isso como se não tivessem outra alternativa de vida, como se aquilo fosse a única maneira de viver, a única forma de ser feliz e essa forma de aceitar seus relacionamentos abusivos, me deixava bem revoltada, com raiva de cada uma delas por motivos diferentes.


Todos os personagens são bem trabalhados, conseguimos nos envolver com cada um de uma maneira diferente e nenhum deles é deixado para trás. A autora não esqueceu de nenhum personagem e trabalhou as características de cada um deles de maneira majestosa e assim, conhecemos um pouco dos medos, defeitos e virtudes de cada personagem ao mesmo tempo que vamos descobrindo seus deslizes durante a vida.

Confesso que o livro só ganhou quatro estrelas pelo final. Consegui sacar o que aconteceria uns dois capítulos antes da revelação propriamente dita, mas acho que a autora não quis esconder o que estava acontecendo e deixou o leitor descobrir tudo no seu tempo e o final foi muito revelador, bem interessante, bem trabalhado e BEM surpreendente. Dificilmente finais me surpreendem da maneira que esse me surpreendeu e esse foi um dos grandes motivos para o livro ganhar mais uma estrela.


Podemos dizer que o livro é um grande quebra-cabeças onde as peças foram perdidas por ai e, em cada capítulo, você vai juntando uma nova peça ao que você já tinha achado no capítulo anterior e quando consegue juntar tudo, se vê fascinado pela escrita e a história que Paula criou.


"A Garota no Trem" vai ganhar adaptação para o cinema. Nomes como Jared Letto e Chris Evans eram cotados para viver Scott e Tom respectivamente, mas infelizmente #TodosChora, não fecharam o papel. Os atores que estão sendo cotados para a adaptação são Luke Evans, que assume o papel de Scott, que era de Jared Leto, e Justin Theroux será Tom, no lugar de Chris Evans. Já o elenco feminino para o filme será de Emily Blunt como Rachel, Rebecca Ferguson que será Anna, atual esposa do ex da protagonista, e Haley Bennett está negociando para viver Megan.

O
filme tem data de estreia prevista para 07 de Outubro de 2016. 









Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo