28 de novembro de 2015

As Espiãs do Dia D - Ken Follet

Autor(a): Ken Follet | Gênero: -- | Ano: 2015 | Páginas: 448 | Editora: Arqueiro | Skoob

Sinopse: Segunda Guerra Mundial. Na fúria expansionista do Terceiro Reich, a França é tomada pelas tropas de Hitler. Os alemães ignoram quando e onde, mas estão cientes de que as forças aliadas planejam libertar a Europa. Para a oficial inglesa Felicity Clairet, nunca houve tanto em jogo. Ela sabe que a capacidade de Hitler repelir um ataque depende de suas linhas de comunicação. Assim, a dias da invasão pelos Aliados, não há meta mais importante que inutilizar a maior central telefônica da Europa, alojada num palácio na cidade de Sainte-Cécile. Porém, além de altamente vigiado, esse ponto estratégico é à prova de bombardeios. Quando Felicity e o marido, um dos líderes da Resistência francesa, tentam um ataque direto, Michel é baleado e seu grupo, dizimado.
Abalada pelas baixas sofridas e com sua credibilidade posta em questão por seus superiores, a oficial recebe uma última chance. Ela tem nove dias para formar uma equipe de mulheres e entrar no palácio sob o disfarce de faxineiras. Arriscando a vida para salvar milhões de pessoas, a equipe Jackdaws tentará explodir a fortaleza e aniquilar qualquer chance de comunicação alemã – mesmo sabendo que o inimigo pode estar à sua espera. As espiãs do Dia D é um thriller de ritmo cinematográfico inspirado na vida real. Lançado originalmente como Jackdaws, traz os personagens marcantes e a narrativa detalhada de Ken Follett. 


Felicity é uma espiã inglesa, casada com um frances líder da resistência. Felicity passou os ultimos três anos infiltrada no território francês, ajudando células da Revolução. Agora, ela está em sua maior missão, que é destruir a principal central telefonica Nazista, pois sem ela, os alemães não poderão interceptar novos ataques. Para isso, Felicity precisa treinar um grupo de mulheres fluentes em inglês e que estejam dispostas a chegar de paraquedas na frança sitiada e explodir o covil alemão e seus equipamentos de comunicação.

Acho que não é segredo para ninguém como eu amo livros ambientados durante, após ou pouco antes da Segunda Guerra Mundial e foi exatamente isso que me chamou atenção quando solicitei "As Espiãs do Dia D" para a Editora Arqueiro. Esse foi o meu primeiro contato com a escrita do Ken Follet e confesso que o começo da leitura foi bem lenta, demorei para engrenar na história e me apegar a algum personagem, já que eram muitos e muitos nomes, me perdi levemente no começo. Eu tinha altas expectativas com o livro e, talvez, por isso, a leitura tenha sido meio lenta.

Todos os personagens são muito bem trabalhados por Ken e isso sempre me deixa apaixonada pelos livros. Quando a história é gostosa de acompanhar e os personagens são bem feitos, você sabe que o livro vale a pena e "As Espiãs do dia D" vale muito a pena ser lido. Todos devem conhecer a história dessas mulheres fortes que, por mais que não tenham lutado durante a Segunda Guerra, foram cruciais durante toda a historia.

Se você gosta de um livro que se desenrola como um filme diante de seus, "As Espiãs do Dia D" é a história indicada para você e mesmo sendo um livro com mais de 400 páginas, nos trás uma história maravilhosa que vai te prender por boas horas.




Comente com: ou

0 comentários:

Postar um comentário

 
© LuMartinho | 2015 | Todos os Direitos Reservados | Criado por: Luciana Martinho | Tecnologia Blogger. imagem-logo